29.3.07

Os resultados

Durante o curso hoje, como disse no post abaixo, trabalhei com professores a imagem e o texto do lead, sobre imagem e notícias( post do dia 21/03).
O trabalho foi feito da seguinte forma:
Distribui a cópia da imagem com o lead, para cada professor(a), solicitei que lessem com muita atenção e que me dissessem em voz alta, o que haviam compreendido.Fui anotando as respostas. Repasso aqui, as mais interessantes:
1-- Que sorte a dela. Pegou só no braço.
2-- Mas para que parou no sinal, em pleno RJ?
3--Vai ver que a bala era pro marido.
Pergunto por que e a professora explica:
- Ué, ele não é militar?

Nestas 3 respostas é possível analisar o processamento cognitivo que estes leitores elaboraram ao ler a notícia.
Na resposta 1, o leitor considera sorte, pois todas as notícias sobre bala perdida demonstraram que as pessoas morreram.
Na resposta 2, o fato do carro estar parado num sinal de trânsito é um indicador de que há perigo nesta situação, pois outros casos já ocorreram com carros parados no sinal.
A resposta 3 considerei como a mais interessante, principalmente, porque a maioria do grupo não havia processado desta forma e ficaram esperando a explicação.
A resposta “Ué, ele não é militar?” implica no conhecimento anterior de que não só a população sofre com a violência, mas também que o noticiário já apresentou números referentes ao assassinato de policiais.
Esta professora levou o prêmio, apesar de não ter se aproximado da carta escrita pelo leitor de jornal, por processar o texto, a imagem e dois tipos de informações anteriores.

Mas, aqui no blog a Débora demonstrou ser uma leitora proficiente,isto é, a leitora que é capaz de analisar as imagens, o texto e tirar suas conclusões.
Vou colocar no post a seguir, o texto do leitor de jornal e o da Profª Débora.
Related Posts with Thumbnails